BLOG | AGENDA |  QUEM SOMOS |
Loading

Imitação

7.8.14 |


Graça e Paz Galera Power de Cristo!

            Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos pregaram a palavra de Deus; e, considerando atentamente o fim da sua vida, imitai a fé que tiveram. Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre. O texto acima descrito encontra-se em Hebreus 13, versículos 7 e 8. Na Bíblia podemos encontrar muitos outros versículos que nos direcionam a meditar na importância de imitarmos a Cristo e nos tornarmos padrão dos crentes. Para isso não devemos abandonar as pequenas obras e atitudes que julgamos algumas vezes desprezíveis.
            Lacey Mosley, ex-vocalista da banda cristã Flyleaf, em uma postagem no seu blog descreve: “Tem algumas coisas que eu lembro quando estava crescendo, sobre a minha tia que são tão pequenas e insignificantes pra ela, mas pra mim elas são claras como o dia, porque ela era minha heroína. Meu coração estava concentrado em aprender tudo o que eu podia sobre ela e sobre ser como ela.”
            Neste momento, peço licença aos mais recentes na fé para direcionar a palavra aos líderes e membros mais experimentados. Consideremos os novos, aqueles que ainda se alimentam do “leite” espiritual, e em como os seus olhos e ouvidos estão atentos em tudo o que fazemos e dizemos, simplesmente porque seus corações estão concentrados para aprender a ser como Cristo. É neste momento que nos dão a oportunidade, através da direção do Espírito, de forjar neles o caráter de Jesus, são como bebês e aprendem tudo que ensinamos.
            Quando pensamos em discipulado muitas vezes nós enfatizamos ao máximo toda grande coisa que achamos que temos, usando isso a favor das pessoas, para ensiná-las, para marcar e fazer nosso nome com elas. Há um risco de corromper o sagrado, o íntimo, e único dentro de quem nós realmente somos. Como destaca Lacey - é importante descobrir quem você realmente é e amar essa pessoa. Essa pessoa é a grande ideia de Deus. Sua obra de arte, sua obra-prima, que é você - são as coisas pequenas e insignificantes que mostram quem somos, que tem grande poder de influência sobre o outro.
            O discipulado se dá primordialmente pelo relacionamento, pela transparência com que nos apresentamos ao outro sem ocultar nossas fraquezas. Lembrai-vos dos vossos guias e considerai atentamente o fim da sua vida. Quando Beth Moore falava sobre como as pessoas estavam pressionando Jesus a mostrar sua glória e seus poderes para que assim, as pessoas pudessem adorá-lo e louvá-lo por aquilo que Ele podia fazer. Ela disse “ O que eles não entendiam é que o objetivo de Jesus não era ser uma figura pública, mas sim ser um Salvador pessoal.”
            Que o nosso objetivo não seja se tornar um “crente público” que coloca suas fraquezas escondidas atrás de toda grande coisa que achamos que temos, mas que sejamos capazes de nos aproximar e conduzir outros até o Salvador pessoal.



#acomeçaremmim #sereipadrão #imitação #discipuladoérelacionamento

por Matheus Barbosa

blog comments powered by Disqus

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página