BLOG | AGENDA |  QUEM SOMOS |
Loading

Manter-se aprovado

8.10.14 |

Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (2 Tm 2.15)

Certa vez ouvi um testemunho sobre a história de um pastor que foi incentivado a candidatar-se a um cargo político. Tal estímulo foi feito devido ao fato de ser uma pessoa de influência, bom caráter e bem conhecido no local onde residia. Poderíamos pensar que por ter uma grande chance de ser eleito, a ideia se torna ainda mais tentadora. Mas o presbítero não hesitou, após breves segundos de reflexão sua resposta já estava pronta, disse ele: Não posso eu concorrer a um cargo ao qual serei rebaixado, pessoas inteligentes nunca fariam isso.

Este homem compreendeu bem a tarefa irrevogável do cristão perante a sociedade, ele sabia que dedicando o seu tempo integralmente ao presbiterado poderia fazer muito mais por aqueles que padecem do que se inserido no contexto político. O cargo de servo do Senhor é o mais elevado que poderemos alcançar, não há promoções que possam ultrapassa-lo.

Não é este um caso exclusivo, da política e nem do pastorado, é sim um chamado inclusivo aos cristãos. Chegar a esta reflexão e consequente resposta apontam para alguém que conhece suas responsabilidades e que se mostra aprovado diante dos desafios. Podemos concluir que estar aprovado envolve sabedoria.

Em época eleitoral, é comum ver alguns evangélicos externando desejos pessoais através de “profecias” relacionadas ao resultado final da votação, falam como se o próprio Deus já estivesse determinado a staff que irá governar o país pelos próximos quatro anos. E adivinhem... as “profecias” sempre apontam para candidatos que também são evangélicos ou para aqueles que apresentam em seu plano de ação algum favor ao povo de Deus. 

Esquecemo-nos do evangelho de cruz, escolhemos candidatos baseado naquilo que eles podem nos dar ou fazer por nós, colocamos a “classe evangélica” como superior, quando na verdade Cristo disse que seríamos perseguidos por amor ao nome dEle. E temos aprendido com isso, a nos relacionar com Deus da mesma forma, baseado naquilo que Ele pode nos dar.

Portanto, não profetize coisas vãs, para que não se cumprindo, fiques envergonhado, antes esforça-te em conhecer a palavra da verdade, porque quando souberes o que está no coração de Deus, saberás também exatamente o que deves profetizar.


blog comments powered by Disqus

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página